quinta-feira, março 30, 2006

Caça ao Lobbying

«The Senate on Wednesday overwhelmingly passed the first major restrictions on lobbying in more than a decade, banning lobbyists from giving gifts and meals to lawmakers and tightening rules for pet projects known as earmarks». From The New York Times.

Bem sei que a nossa realidade é bem diferente (mas também potencialmente mais perigosa, visto que tudo se passa de forma encapotada). Ainda assim, para quando idênticas preocupações cá pelo burgo?

Simplex (II)

Um porta-voz do PSD criticou o Programa Simplex porque "não responde àquilo que preocupa os Portugueses".

Ai agora os Portugueses não se preocupam com a burocracia, a papelada, o tempo de espera, etc.? Preocupam-se com o quê, então? Com as directas? Com as inerências na direcção do PSD? Com a expulsão de militantes?

Não será antes o PSD que não faz ideia daquilo que realmente preocupa os Portugueses?

Simplex (I)

Ribeiro e Castro sobre o programa Simplex:

«Parece propagandex, à Sócratex, mas se for verdadex, é bonzex»

É caso para dizer que são as declarações de um ex.

quinta-feira, março 23, 2006

Como foi que disse?!?

«Adoro Governos autoritários»

Francisco Van Zeller, Presidente da CIP

Ora nem mais!

«Este dr. António Borges, que eu não sei quem é e aparece aqui como se fosse uma vedeta, foi fabricado por vocês»

Alberto João Jardim, dirigindo-se aos jornalistas, em pleno Congresso do PSD. Acho que pela primeira vez, tenho de concordar com ele...

quarta-feira, março 22, 2006

Humanismo???

Foi impressão minha ou ontem, na SIC- Notícias, Paulo Portas pretendeu justificar o suposto "humanismo" do seu regime jurídico de imigração com o argumento de que, durante esse período, entraram em Portugal "muito menos imigrantes legais"???

E quantos entraram ilegais? E onde está o humanismo nisso?

(pode ser que Os Acidentais façam o favor de nos explicar...)

terça-feira, março 21, 2006

Pires de Lima quer fazer do CDS um partido sexy

Até já houve quem lhe sugerisse a contratação de Santana Lopes como Consultor.

Advir, Liliput e outras coisas que tais...

Dão-se alvíssaras a quem conseguir decifrar o artigo de opinião (rectius, a alegoria) de Paula Teixeira da Cruz no Expresso do passado Sábado.

Parece que hoje é o Dia Mundial da Poesia...

...mas o Ministério da Cultura decidiu não o comemorar, por falta de verbas!

Ora, pergunto eu: e não haveria alguma maneira de assinalar o dia sem ter de gastar dinheiro???

segunda-feira, março 20, 2006

Ensaio sobre a Cegueira

«On the third anniversary of a war that they once expected to be over by now, President Bush and senior officials argued Sunday that their strategy was working despite escalating violence in Iraq, even as a former Iraqi prime minister once favored by the White House declared that a civil war had already started»

From The New York Times

Na mouche

«Quando a Oposição não quer, não pode ou não sabe opôr-se ao Governo, não resiste ao instinto e faz oposição a si própria»

J. M. Ferreira de Almeida, in Quarta República

Manifs

Tinha ouvido dizer que no Sábado ia haver uma manifestação no Largo Camões para assinalar o terceiro aniversário da invasão do Iraque.

Mas depois nunca mais ouvi falar disso. Será que alguém me pode informar: houve mesmo manif ou nem por isso?

Ah, e não estou a falar - obviamente - das manifs em França, que dessas sim, ouvi falar, e muito. Nomeadamente, pelo João Maia Abreu, que até estava lá, mesmo no meio da violência, a mostrar-nos a arruaça e as detenções, como se de um programa da National Geographic se tratasse...

Resultados da Jornada

Soares Franco perdeu por pouco e prepara-se para a desforra na segunda eliminatória.

Marques Mendes fez de tudo para ganhar: primeiro cedeu por completo ao jogo do adversário e depois adormeceu a plateia para que ninguém reparasse. Os adversários também fizeram de tudo para que Marques Mendes, para já, pudesse ganhar. Enfim, foi um jogo muito táctico...

Ribeiro e Castro ganhou o 1.º round, por falta de comparência dos adversários. E já prepara o 2.º round, onde espera ganhar por KO. Mas é pouco provável que os adversários sequer apareçam no ring, eles preferem continuar a dar pancada no líder pelas costas.

sexta-feira, março 17, 2006

As escolhas de Cavaco

A escolha de Manuela Ferreira Leite e de Marcelo Rebelo de Sousa para o Conselho de Estado diz muito quanto a quem Cavaco pensa que poderá vir a ser o próximo líder do PSD.

O que, por um lado, diz muito quanto à descrença de Cavaco na liderança de Marques Mendes. E, por outro lado, diz muito quanto ao não-apoio de Cavaco às hipóteses de Luís Filipe Menezes ou António Borges.

O que, por sua vez, diz muito quanto à vontade de Cavaco de determinar, condicionar e nortear os destinos futuros do PSD...

conservadorismo social-democrata???

Agora que foi tornada pública a ultra-conservadora equipa de assessores de Belém, onde param aqueles vozes que, durante a campanha, nos andaram insistentemente a tentar convencer que Cavaco é muito chegado à esquerda, que é um social-democrata, que é praticamente de esquerda, etc., etc. etc.?

quinta-feira, março 16, 2006

Notícia de última hora

O Conselho Nacional do CDS, que estava agendado para este fim-de-semana, foi desmarcado.

É que, ao que parece, a banda não podia estar presente...

Os Sportinguistas andam muito contentes

Primeiro, porque o Benfica foi afastado da Taça.

Segundo, porque este fim-de-semana a vitória já está assegurada: vão ganhar ao PSD por dez a quinze mil ... (lugares)

Qual a diferença entre o PSD e o Sporting?

O primeiro vai realizar o seu Congresso na Sala Tejo, com lotação para 2.500 pessoas sentadas ou 4.000 em pé.

O segundo vai realizar a sua Assembleia-Geral na Sala Atlântico (o pavilhão propriamente dito, aquele onde se realizam os concertos), com lotação para 12.900 pessoas sentadas ou 19.000 em pé.

Qual a semelhança entre o PSD e o Sporting?

Ambos se vão reunir, este fim-de-semana, no Pavilhão Atlântico.

Fim-de-semana agitado

Ao que parece, este fim-de-semana vai ser marcado por intensos debates e confrontos emocionantes, que poderão até determinar a queda de alguns dirigentes: vai-se realizar a Assembleia Geral do Sporting!

Regalias desmedidas

A Associação Nacional de Sargentos (ANS) anunciou que vai retomar a contestação contra a "perda desmedida" de regalias sociais dos militares.

Ora, se a ANS considera que houve uma "perda desmedida" de regalias é porque, naturalmente, reconhece que essas regalias eram, em quantidade ou em qualidade, desmedidas!

Chega a ser comovente assistir a tamanha honestidade por parte das corporações...

quarta-feira, março 15, 2006

A clandestinidade e os Partidos II

Segundo Luís Filipe Menezes, o PSD vai ter um Congresso clandestino...

Bom, se calhar o melhor seria LFM denunciar a situação ao SEF para que se proceda à respectiva extradição, não?

A clandestinidade e os Partidos

Luís Filipe Menezes acusou Marques Mendes de querer fazer o Congresso do PSD de forma clandestina.

O que nos leva a concluir que, aparentemente, os partidos políticos em Portugal estão destinados à clandestinidade: uns nasceram nela; outros para lá caminham...

terça-feira, março 14, 2006

O Dicionário de Freitas #2

Topete - parte do cabelo que se levanta e eriça na frente da cabeça [na careca do Telmo Correia?????]; parte anterior da crina do cavalo que desce sobre os olhos; parte mais elevada e saliente da dianteira das cabeleiras usadas pelos palhaços [ahhh, aqui sim, já estou a ver o Telmo Correia]; poupa; (pop.) cabeça; cachimónia; (fig.) descaro; audácia

Ser de topete - ter audácia; ser atrevido (do fr. toupet, «id.»)

O Dicionário de Freitas #1

Solidário com todos aqueles que, por falta de vocabulário, se sentem incapazes de acompanhar a recente polémica em torno dos Cartoons de Maomé, decidi dar aqui início a uma nova rubrica intitulada «O Dicionário de Freitas».

E a primeira entrada, como não podia deixar de ser, é:

Licenciosidade - devassidão; libertinagem; qualidade de licencioso (que, por sua vez, é aquele que usa de demasiada licença; desregrado; devasso; dissoluto; sensual; libertino)

segunda-feira, março 13, 2006

Qual Constituição???

Na televisão, pareceu-me que a Constituição sobre a qual Cavaco jurou era bastante velhinha. O que me leva a suscitar a seguinte questão: será que a dita Constituição estava devidamente actualizada, com todas as sete revisões constitucionais? E, acima de tudo, tratar-se-ia da Constituição na sua versão pré- ou pós-82?

A questão não é dispicienda porque, caso se tratasse de uma versão anterior a 82, isso significa que a Constituição que o novo PR jurou cumprir atribui-lhe um poder totalmente discricionário de demissão do Governo (e não, como depois de 82, limitado aos casos de irregular funcionamento das instituições democráticas)...

Acutilante

O comentário mais subliminar - e, por isso mesmo, mais genial - ao discurso de tomada de posse de Cavaco veio do próprio PM José Sócrates: «quanto à parte da acção governativa, gostei, está em consonância com os desígnios do Governo»

Troca de cadeiras

Ainda a propósito da tomada de posse do novo PR, confesso que o pormenor que mais gostei foi o da troca de cadeiras das Primeiras-Damas. Só não percebo por que não se foi mais longe. Naquele mesmo minuto, os Primeiros-Filhos deveriam também ter trocado de lugares, o Primeiro-Motorista de Sampaio deveria ter cedido o volante ao Primeiro-Motorista de Cavaco, a ex-Primeira-Secretária deveria ter passado a secretária à nova-Primeira-Secretária. Tudo em simultâneo, ao som das salvas disparadas pela Fragata no Tejo. Iso sim, isso é que era uma troca de cadeiras a valer...

sexta-feira, março 10, 2006

As Marias da Presidência

Maria Cavaco Silva sucedeu a Maria José Rita, que sucedeu a Maria Barroso, que sucedeu a Maria Manuela Eanes.

Pronto, já sabemos o que é preciso para chegar a Presidente da República: para além de ter mais de 35 anos e ser Português de origem, é claro, ser casado com uma Maria.

quinta-feira, março 09, 2006

Estabilidade dinâmica

Pela boca de Cavaco Silva, a expressão "estabilidade política" ganhou hoje um novo adjectivo: estabilidade dinâmica, disse ele.

Ora, ninguém - a não ser o próprio - sabe bem o que significa este dinamismo da estabilidade, nem que aplicação ou consequências terá.

O que é certo é que Cavaco vai coleccionando um leque de expressões enigmáticas quanto ao funcionamento do nosso Sistema de Governo, de conteúdo dificilmente apreensível e com uma margem de interpretação bastante fluída: primeiro foi a "cooperação (não institucional, mas) estratégica"; agora é a "estabilidade dinâmica".

Pode parecer um mero jogo de palavras, mas Cavaco Silva não é ingénuo. Ele anunciou que usaria o "instrumento da palavra", logo a utilização destas expressões não é certamente inocente; resta saber com que intuito ele as pronuncia...

Fica, portanto, a dúvida: que água trará este dinamismo no bico?

Condecorações

Ontem, Jorge Sampaio recebeu o Grande Colar da Ordem de Torre e Espada. Hoje, Cavaco Silva decidiu atribuir-lhe o Grande Colar da Ordem da Liberdade.

Por este caminho, qualquer dia o Jorge tem mais colares lá em casa do que a Maria José...

O primeiro Post do resto deste Blog

O dia de hoje marca o arranque de uma nova fase na vida política nacional, que previsivelmente caracterizará o debate político ao longo dos próximos anos.

O dia de hoje marca, também, o arranque deste novo projecto na blogosfera, destinado a acompanhar - com um olhar crítico, bem-humorado e, sempre que possível, acutilante - esses novos tempos que aí vêm.

A ver vamos, como diz o outro...

This page is powered by Blogger. Isn't yours?